Artigo

Artigo: Paparazzi em Cerimônias de Casamentos

 Certamente todos nós já ousamos fazer aquela foto ou vídeo da noiva entrando triunfalmente para a cerimônia de casamento.

O que muitos não entendem ou “fingem não entender” é que geralmente os noivos contrataram fotógrafos e cinegrafistas para realizarem a cobertura profissionalmente. Muitos acabam atrapalhando o serviço desses profissionais colocando-se à frente da imagem captada pelos mesmos.

É simples assim: se você quiser e tiver vontade de fazer tal fotografia ou vídeo, faça-o do lado de dentro do banco ou cadeira onde estiver assentado, fora do corredor onde a noiva está passando. Não atrapalhe o fotógrafo nem o cinegrafista esticando o seu braço em direção ao corredor ou nave. Você estará sendo muito inconveniente e atrapalhando o serviço de quem foi contratado para fazê-lo com qualidade e posteriormente apresentar aos contratantes, nesse caso, os nubentes.

Quando se trata de “self” com a noiva enquanto ela está a caminho do altar, a situação é ainda mais constrangedora, pois quem está fazendo essa foto ou vídeo deverá posicionar-se à frente da noiva e ainda colocar sua câmera em posição que atrapalhará ainda mais.

Portanto, seja consciente e pense mais antes de fazer isso.

Evite ser considerado chato, inoportuno e indesejado nos próximos eventos sociais.

Há casos conhecidos onde a equipe de cerimonial recomenda aos convidados a não utilização de câmeras em casamentos, exatamente para não atrapalharem os profissionais. Seria bem melhor para o convidado caso pudesse ficar sem levar uma advertência dessa.

Placas indicativas com a recomendação também podem ser utilizadas, como ocorreu no casamento em São Paulo da apresentadora Patrícia Abravanel, filha de Silvio Santos.

A regra é clara e simples de ser entendida. Seja recatado e discreto ao seu espaço e faça quantas fotos ou vídeos que quiser, desde que não atrapalhe quem foi contratado para fazê-lo.

Na dúvida, não faça!

 

 Por

Ricardo Souza – Administrador de Empresas, Cerimonialista e Mestre de Cerimônias. Diretor executivo da Plenno Eventos.